Como Dar Remédios a Bebês – Dicas


  

Confira as melhores táticas para conseguir dar o medicamento ao seu bebê sem traumas e dificuldades.

Toda a vez que o seu pequeno fica doente é a mesma coisa, é aquele choro e dificuldade para fazer com ele tome todo o remédio para que possa melhorar. Esse momento é muito difícil para os pais, pois geralmente é necessário pingar algumas gotinhas na boca do bebê e ao mesmo tempo controlá-lo para não o estressar e nem correr o risco de que ele se afogue.

Com algumas táticas certas é possível tornar o momento de dar o medicamento menos caótico, garantindo a segurança e saúde do neném para que ele se reestabeleça rapidamente. Confira abaixo as melhores dicas de como dar remédios a bebês de forma segura e tranquila!

Cuidado com o preparo do remédio

Antes de qualquer coisa, os pais devem começar preparando o medicamento. Então, lave bem as mãos para não contaminar o remédio com possíveis bactérias. Depois agite bem o frasco antes de abri-lo, isso ajuda a reativar os compostos do líquido. Verifique se a medicação está dentro do prazo de validade, pois se estiver vencido não fará o efeito esperado ou pode gerar alguma reação indesejada.

Em seguida, meça a quantidade de remédio usando uma seringa, que normalmente acompanha o produto. Não é recomendado usar colheres de cozinha para mensurar a dose, pois elas não são precisas. Se o medicamento deve ser dado em gotas, é necessário pingá-las na colher com cuidado, contando em voz alta, caso você se perca na contagem, jogue tudo fora e comece novamente.

Mantenha o bebê na posição certa

Se o bebê estiver chorando e muito agitado, ele pode acabar cuspindo o remédio, ou pior, se afogar com o líquido. Para que isso não aconteça é importante tranquilizar a criança e mantê-la na posição certa. Por isso, evite dar o medicamento quando ela estiver chorando muito, acalme-a aos poucos até senti-la mais tranquila.

Além disso, jamais faça o bebê tomar o remédio quando estiver deitado, pois isso pode causar engasgo. Coloque-o em seu colo e o deixe em posição ereta, o ideal é apoiá-lo no seu antebraço. Se não der conta de segurar o neném e ao mesmo tempo levar o medicamento até a boca dele, peça para outra pessoa segurá-lo enquanto você o faz tomar a dose.




Quando o bebê abrir a boca, é indicado colocar a medicação com cuidado e aos poucos, depositando-a bem próximo da bochecha, rente à gengiva, isso diminui o risco de que ele se afogue. Se preferir, dê metade, espere a criança engolir e depois dê o restante.

Para garantir que o líquido será engolido, pode-se apertar as bochechas levemente, de modo que a boca abra um pouco, isso evita que a criança cuspa-o. Também vale assoprar o rosto do bebê, o que faz com que ele tenha o reflexo de engolir o remédio e não tenha tempo de jogá-lo para fora.

Após esse procedimento, recomenda-se amamentar ou dar um pouquinho de água ao bebê para que o remédio desça com mais facilidade. Por fim, não se esqueça de lavar a seringa em água morna e com sabão, e guarde-a em um local limpo para usá-la na próxima aplicação.

Incorpore o remédio na comida

Se o bebê já está comendo alimentos sólidos, os pais podem conversar com o médico se existe a possibilidade de incorporar a medicação na comida para tornar o consumo mais fácil. É importantíssimo consultar o profissional antes disso, pois há medicamentos que podem perder a sua potência se entrarem em contato com outras substâncias.

Caso não haja nenhum problema em misturar o remédio com outros alimentos, você pode colocá-lo em uma papinha de frutas, no iogurte ou em outra comida que a criança goste.

Por Simone Leal


Compartilhar este Artigo



Post Comment